10 Abril 2021

Brasil reduz provisoriamente mistura de biodiesel para 10% por alta no preço

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

SÃO PAULO (Reuters) - O Ministério de Minas e Energia informou nesta sexta-feira que a mistura de biodiesel no diesel será reduzida provisoriamente de 13% para 10%, após o leilão 79 para compra do biocombustível ter sido interrompido pelo governo nesta semana, com integrantes do mercado citando alta nos preços do combustível como motivo.

Segundo nota conjunta da pasta com o Ministério da Agricultura, apesar da expectativa de a safra brasileira de soja, principal matéria-prima do biodiesel, crescer para um recorde de aproximadamente 136 milhões neste ano, o mercado mundial continua "...

Continuar leitura: Notícias Agrícolas

Mais Notícias

Bolsonaro diz que combustível vai "baixar de novo" após queda do dólar

08-05-2021

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro afirmou a apoiadores nesta sexta-feira que o preço dos combustíveis no país vai "baixar de novo", após a recente queda do dólar.Questionado por uma simpatizante para não esquecer de acompanhar a questão dos combustíveis, Bolsonaro respondeu: "O dólar caiu de novo, pode deixar que nos próximos dias (o...

Leia mais...

Frango: sexta-feira com preços em alta ou estáveis para o setor

07-05-2021

Esta sexta-feira (7) encerra a semana de negociações para o mercado do frango com cotações estáveis ou em alta. De acordo com análise do Cepea/Esalq, o período de início de mês e o fato de a carne de frango mostrar elevada competitividade frente às principais substitutas (bovina e suína) vêm favorecendo as vendas da proteína no mercado doméstico. A...

Leia mais...

Em carta a embaixador, Pacheco defende relação construtiva com a China

07-05-2021

Por Ricardo BritoBRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), enviou nesta sexta-feira uma carta ao embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, na qual defende a importância de um relacionamento "relevante e construtivo" com o país asiático e convida o representante diplomático a visitar o Congresso brasileiro, segundo có...

Leia mais...

Maçã/Cepea: Vendas não ganham ritmo nem com o início do mês

07-05-2021

A comercialização de maçãs permaneceu estagnada nas regiões classificadoras nesta semana (03 a 07/05). De acordo com agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, esperava-se que com o início do mês houvesse uma retomada na demanda. Porém, isso não aconteceu, uma vez que o consumo na ponta final continuou limitado - agentes relataram que nem mesmo a r...

Leia mais...

Banana/Cepea: Concorrência com nanica pressiona cotações da prata

07-05-2021

Os preços da banana prata seguiram recuando no semiárido nesta semana (03 a 07/05), apesar de ser início de mês e a variedade estar entressafra. No Norte de Minas Gerais, por exemplo, a prata anã de primeira qualidade foi vendida na média de R$ 1,60/kg, recuo de 22% em comparação a semana anterior. Segundo agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea,...

Leia mais...

Citros/Cepea: Preço dos cítricos recua por mais uma semana

07-05-2021

Os preços da laranja continuam em queda no mercado de mesa em São Paulo, influenciados pela maior oferta de precoces e pela absorção limitada das indústrias – que devem retomar as atividades ainda neste mês. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, grandes mudanças de cenário não devem ocorrer, visto que, com a chegada de dias mais frios, a deman...

Leia mais...

Cenoura/Cepea: Cotações não se alteraram nesta semana

07-05-2021

Em São Gotardo (MG), as cotações das cenouras foram estáveis nesta semana (03 a 07/05). Segundo colaboradores consultados, o escoamento segue abaixo do esperado e o preço da caixa de 29 kg de “suja” encerrou a semana em R$ 12,25.Mesmo diante das menores produtividades alcançadas nas lavouras durante a temporada de verão, há relatos de sobras de mer...

Leia mais...

Melão/Cepea: Vendas não melhoram como esperado no início de maio

07-05-2021

Na semana passada, as vendas de melão estiveram lentas na Ceagesp – nesta (03 a 07/05), o cenário praticamente se repetiu. Segundo agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, existia expectativa de melhora por ser início de mês. No entanto, devido ao frio e ao baixo poder de consumo da população, frente à crise econômica, o aumento esperado não se c...

Leia mais...

Mamão/Cepea: Após quedas consecutivas de preço, havaí volta a reagir

07-05-2021

 Nesta semana (03 a 07/05), os preços do mamão havaí voltaram a se elevar em todas as praças acompanhadas pelo Hortifruti/Cepea, após as várias semanas de desvalorização. Segundo agentes, isso ocorreu porque, apesar do volume ainda considerável na roça, o mesmo se reduziu um pouco no período, não havendo mais as grandes sobras (e até perdas) regist...

Leia mais...